Pause

Pause

Quatro anos atrás, participei de um curso do Pablo Villaça sobre cinema; era o segundo que participava e lá conheci – ou vi pela primeira vez – algumas das pessoas que viriam a ser meus parceiros em todo esse tempo de empreitada no universo dos filmes, séries e cultura pop em geral. Em algum dos editoriais já devo ter confessado sobre o momento, então vou pular essa parte.

Pois bem, vamos dar uma pausa.

Já comentei em alguns episódios a dificuldade de criar um site de cultura pop – e expando aqui para qualquer coisa que a gente curta, já que uma vez amando, temos a vontade de entregar sempre o melhor da gente. E isso vai virar obrigação com o correr dos dias, torna-se um meta de vida o que antes era um hobby .

Sim, é gostoso, mas dá uma trabalheira dos diabos. E ainda mais a gente que tem o site com críticas e notícias diárias, é Facebook com podcast, vídeos no YouTube, cerca de quatorze mil lindonas e lindões inscritos no Insta… ufa! O trabalho é tenso.

E não tava dando pra carregar. Por mais que ame o Cinemáticos, ele ainda não paga as minhas contas; melhor, as contas de todo mundo – e estamos trampando pra isso. Ter uma rotina de pai, profissional de publicidade (que fazem as coisas tomarem outro rumo) e de universitário (de novo) agregados ao do site é bem complicado. Não tem romance. Não se vive só de amor.

Por isso essa pausa. Não estamos terminando com o site, mas para que isso não aconteça; tem horas que é necessário dar dois passos para trás, analisar o panorama; aí a gente avança quatro, cinco, dez casas. Não esquecendo também o pessoal que ficou ansioso por escrever no site: não esquecemos de vocês; desculpa por adiar esse momento, e já temos as pessoas escolhidas.

Faço isso por mim, Edgar. Pelos membros da equipe. Mas também por vocês, leitores do site. Por respeito a vocês que sempre prestigiaram e prezaram pelo nosso conteúdo.

Por isso aguardem: a gente pausou, o que dá tempo de beber uma água, ir no banheiro e comer alguma coisa. Mas quando voltar, o terceiro ato será massa.

Até logo, e obrigado por todos os peixes.

Edgar Santos
Escrito por Edgar Santos

Editor do site Cinemáticos, diretor de arte, leitor de HQs e fã de Blaxploitation.

1 Respostas de comentários

  1. Avatar
    julho 14, 2018

    Sentirei falta…

    Resposta

Deixe uma resposta